Batismo e tentação de Jesus, segunda-feira

Pr. Patrick Ferreira Padilha 22-01-2018

  1E, NAQUELES dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, 2E dizendo: Arrependei-vos, porque é...

  1 E, NAQUELES dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, 2 E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. 3 Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas. 4 E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre. 5 Então ia ter com ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a província adjacente ao Jordão; 6 E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.    

Mateus 3:1-6 

O Batismo é uma ordenança deixada pelo Senhor Jesus Cristo, e temos evidência disto nos evangelhos. Antes de o Senhor começar Seu ministério, João Batista, ou “O João que batiza”, filho de Zacarias, Já batizava as pessoas. Apesar de várias tipificações no Velho Testamento, foi efetivado por João na época de Jesus e representava, assim como hoje, a necessidade de arrependimento e morte para os pecados. Jesus foi batizado por João não porque precisava se arrepender de alguma coisa, mas, como nos diz a Bíblia, para “cumprir toda a Lei”, toda a tradição. O Batismo em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo deixado por Cristo, não representa apenas o Arrependimento como o de João, mas uma obra completa.

Fonte https://pib7joinville.com.br/estudos/devocionais/4080-batismo-e-tentacao-de-jesus-segunda-feira.html

Leia Mais...

Semeando a palavra, colhendo vidas!

Você pode navegar pelo menu abaixo para conhecer melhor nosso trabalho