Estudos Bíblicos diversos

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern

"Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites." (Tiago 4:3)

É inegável que os nossos prazeres naturais (deleites) são contrários aos interesses espirituais e portanto são contrários ao fluir do Reino de Deus. O que por vezes parece passar despercebido Ao povo de Deus em nosso tempo é que algumas coisas simples são carnalidade pura. Gula é um exemplo, soberba é outro exemplo, vontade de se impor sobre a comunidade é outro. Pessoas que agem na carne têm dificuldade de encontar respostas positivas em suas orações, como esse verso nos mostra.

Uma pessoa que pede prosperidade financeira para Deus pode receber ou não - depende de para que deseja prosperar. Se for para ter uma vida digna e em paz como a Palavra de Deus promete e dar mais conforto para sua familia, para abençoar aos demais - vejo boas chances. Se for apenas para enriquecer e se esquecer de Deus e não ter tempo para servir ao Reino de Deus - lamento, mas dificilmente será atendido.

Uma pessoa que pede saúde pode ser atendida ou não. Pode pedir algo biblicamente amparado e não receber. Pode pedir algo meio desajeitado e desnecessário aos olhos humanos e receber. Pode estar com pouca fé e ser atendido por ser algo mais focado no Reino. Pode estar com fé transbordando mas orando por algo ridículo como voltar a ser jovem (Deus nunca prometeu isso). Ser atendido não é uma equação matemática, não creio que haja como formatar precisamente. O que sabemos claramente e sem muito mistério, é que se pedirmos com fé, crendo que receberemos, e estiver alinhado com a vontade do Pai - receberemos. Isso sim tem promessa e Aquele que prometeu é Fiel.

O resumo, por duro que pareça ser, é que Deus não se comprometeu em responder positivamente qualquer oração, mas aquilo que for para glorificá-Lo. Para que prolongar os dias de um desobediente que não o serve? Poder pode, claro. Mas para quê?

Cabe a nós uma reflexão, uma meditação séria e profunda sobre o que somos diante de Deus e o que queremos Dele.

"Senhor, ajuda-me a me relacionar contigo por amor e não por interesse em ser abençoado. Com isso talvez eu cresça e consiga ter minhas orações atendidas."

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern

"Mantém longe de mim a falsidade e a mentira; Não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário." (Provérbios 30:8)

Outro aspecto essencial para relacionamentos minimamente saudáveis é a franqueza, ou honestidade como alguns preferem chamar. Conheço pessoas que parecem uma nota de 3 reais - basta olhar e vemos que é falso. Isso fere frontalmente os relacionamentos e dificulta a convivência.

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern

"O que havia recebido cinco talentos saiu imediatamente, aplicou-os, e ganhou mais cinco" (Mateus 25:16)

Acordei para um princípio desta parábola por causa de uma pesquisa. Ao entrevistar 100 homens entre os mais ricos do mundo, a pesquisa revelou alguns dados muito interessantes, especialmente no que se refere a generosidade. Mas, o que me saltou aos olhos, foi a frase "não guarde dinheiro que ele some, aplique". Fiquei revoltado, achei um absurdo. Fui para a Biblia e percebi o seguinte: o servo reprovado foi o que guardou...

Ao meditar sobre isso, clamei por misericórdia e Deus me amou a ponto de me ensinar algo. A gente deve poupar, sim. Mas não guardar e acumular "apenas" pelo princípio de se sentir dono de alguma coisa. Poupar tem a ver com fazer uma reserva para o dia de inverno, não com apossar-se das coisas. Uma poupança proporcional ao rendimento é prudência e é bíblico, um acúmulo exagerado é diagnóstico de avareza.

Aplicar é fazer com que o dinheiro seja direcionado para algo que possa oportunizar novos ganhos. Isso pode ser feito comprando um bem que pode ser alugado, empreendendo algum negócio. Mas também pode ser aplicado no sobrenatural, investindo em missões, financiando estudo para pessoas carentes, em tudo que leva o Reino de Deus adiante.

É verdade que aplicar é fazer algo com o dinheiro que corra riscos. Mas risco e lucro andam juntos. Para quem tem alguma sobra, algum excedente, alguma folga no orçamento - depois que a reserva de segurança foi formada - cabe perfeitamente aplicar de forma proporcionalmente arriscada. Proporcional, sem exageros.

Aplicar é ter em mente que algo pode dar errado, mas também pode dar certo - depende de onde nossa fé (visão do invisível) se aplica, no positivo ou no negativo.

Aplicar é principalmente, e essencialmente, não se sentir dono do dinheiro e portanto, uma vez suprida a necessidade, arriscá-lo em algo que pode dar lucro. É um princípio de riqueza dito por ricos e bem sucedidos. É um princípio ensinado também na parábola dos talentos.

"Senhor, ensina-me a andar de maneira que eu possa prosperar, não necessriamente enriquecendo, mas tendo provisão e sustento abundante para que eu possa aplicar."

0
0
0
s2smodern

Nosso Facebook

Pastores

Pastor Vaner Mombach

Vaner Mombach

Pastor titular PIBSD  Novo Hamburgo

Pastor Edson M. Teixeira

Edson M. Teixeira

Pastor Evangelista

Pastor Martiliano Pimenta

Martiliano Pimenta

Pastor da Congregação boa Saúde

 

Outros sites

Conferência Nacional

Site Conferência Nacional
Site Conferência Nacional

 Site Igreja Joinville

Site da Igreja Batista do Sétimo Dia de Joinville
Site da Igreja Batista do Sétimo Dia de Joinville

 Site de estudos Graça Maior

Site de estudos Graça Maior
Site de estudos Graça Maior

Mais artigos

  • DISCIPULADO - MOTIVOS

    A assembléia estava em confusão: uns gritavam uma coisa, outros gritavam outra. A maior parte do...

  • A Confian?a em Deus!

    Isa?as, 49:23. E os reis ser?o os teus aios, e as suas princesas, as tuas amas; diante de ti, se...

  • A Gra?a de Deus

    A Gra?a de Deus, uma das doutrinas fundamentais da f? crist?, ? amplamente apresentada e tratada...

  • A Grande Luz

    Helen Keller por causa de uma doen?a ainda pouco conhecida no s?culo XIX com dezoito meses de...

  • A humildade de Sara.

    Abra?o foi um patriarca que possuiu tr?s esposas. Abra?o casouse com sua meiairm? Sara. Abra?o...